Entrevista sobre Gluteoplastia

Entrevista sobre Gluteoplastia

Entrevista com o Dr. Orlando Neto para o programa de TV Boa Vida (Aurélia Guilherme)

1- Para quem está indicada a gluteoplastia?

A preferência pela região glútea continua imbatível, embora haja a concorrência feroz de outros atributos femininos de sensualidade. Além da mistura racial ter favorecido a mulher brasileira, nem todas foram beneficiadas pela natureza. A colocação de próteses corrige o formato inexpressivo do glúteo pouco volumoso, achatado, e/ou com depressões graves. Com o progresso da cirurgia plástica nas últimas décadas, toda mulher pode ter nádegas lindas na juventude ou na maturidade. Basta recorrer a gluteoplastia de aumento, utilizando implantes de silicone de gel coesivo, que permitem obter resultados estéticos naturais e anatomicamente seguros.

2- Onde a prótese é colocada?

Através de uma incisão vertical, de cerca de seis centímetros, um pouco acima do cóccix, são criados espaços por dentro da parte mais profunda do músculo glúteo maior e, aí, são colocadas as próteses glúteas, semelhantes às próteses mamárias. O aspecto é natural e seguro, devido à espessura da massa muscular glútea, que, mesmo atrofiada, camufla o implante, não o deixando visível e palpável. Existem vários formatos e tamanhos de próteses. A escolha do tamanho é proporcional às medidas da paciente, variando um número acima ou abaixo levando em conta o bom senso. A prótese redonda é indicada para glúteos pequenos. Se a flacidez for muito grande, a prótese ergue um pouco o bumbum, porém é necessário complementar com lipoescultura, na região da raiz das coxas.
A prótese oval é indicada quando há depressão maior na parte lateral do glúteo. E a prótese com o formato de um trapézio é indicada para os casos mais graves de nádegas atrofiadas, que deixam o bumbum com o aspecto reto. Nesses casos, o cirurgião pode utilizar também as próteses de mama com as mesmas características rugosas e de gel de silicone coeso, que o resultado é ainda mais natural.
As dúvidas a respeito das próteses de silicone são muito freqüentes. Essa falta de conhecimento deixa as pessoas receosas e reticentes quanto à opção pela gluteoplastia de aumento por meio de implante. Mas as próteses atuais têm o gel mais espesso, que não se espalha, mesmo se a prótese for cortada. Além disso, a cápsula é feita de sete camadas de silicone o que torna a prótese bem mais segura e resistente. As próteses de bumbum fabricadas no Brasil são consideradas as melhores do mundo e têm longa durabilidade, cerca de 15 anos.

3- Por ter diferenças no biotipo físico, a prótese glútea pode ser colocada nos homens?

Sim. Os homens têm a musculatura glútea mais longa e estreita. Nesses casos podemos escolher uma prótese alongada. A técnica utilizada é a mesma e o resultado também é bem satisfatório.

4- O senhor disse que infiltra a prótese na parte mais profunda do glúteo maior. Como o organismo reage a este corpo estranho?

O organismo reconhece a prótese como um corpo estranho e forma uma cápsula fibrótica ao redor dela. Ao contrário do que poderíamos imaginar, ao invés de expulsar a cápsula, ele a adota e a protege. Em 3 meses , a musculatura terá contato apenas com a cápsula fibrótica e, mesmo que a prótese se rompa, seu conteúdo em gel não extravasa porque existe a proteção da cápsula fibrótica.

5- Qual a anestesia usada, o tempo de internação e como é o pós-cirúrgico?

A anestesia peridural é feita depois que a paciente é sedada. Em casos especiais, pode-se optar pela anestesia geral. A cirurgia dura em torno de 2 horas e a paciente fica internada durante um ou dois dias, dependendo da evolução cirúrgica e, geralmente há necessidade do uso de um dreno. Os riscos de complicação nesse procedimento são raros, desde que todos cuidados de assepsia sejam tomados. No primeiro dia, a pessoa consegue se sentar e, no dia posterior, deve caminhar para acomodar melhor a prótese. A dor, no pós-operatório imediato é controlada com analgésicos e costuma ceder assim que a paciente começa a andar. A pessoa só pode dormir de lado ou de bruços nas duas primeiras semanas e, depois de três semanas, está liberada para dirigir. Atividades normais e exercícios físicos moderados podem ser feitos depois de 30 dias. A prática de esportes como o hipismo está proibida durante seis meses. É recomendado que se faça massagens de drenagem linfática apenas com profissionais experientes nesse tipo de cirurgia. O leve incômodo local, que algumas pacientes sentem, desaparece nas primeiras semanas.

6- Uma vez colocada a prótese glútea, não vai haver mais necessidade de atividade física localizada para a região do bumbum?

O resultado de uma gluteoplastia é fantástico. A paciente vai ter projeção e volume nos glúteos, mas não podemos nos esquecer da força da gravidade que caminha ao lado da flacidez. O fortalecimento da musculatura é parte do tratamento. Por baixo do glúteo máximo tem a prótese, que projeta e arredonda o glúteo. Quanto mais a musculatura que cobre essa prótese for desenvolvida e firme, mais bonito vai ser o bumbum. Atividade física é fundamental na saúde e beleza do corpo.

7- Qual é o procedimento cirúrgico utilizado em casos de flacidez severa nos glúteos?

A flacidez severa é mais comum nas mulheres mais velhas, sedentárias ou que perderam muito peso. Nesse caso, o mais indicado é que se faça um lifting, que é a suspensão muscular local, com retirada de pele, que pode ser associada ou não a colocação de uma prótese de glúteo. Infelizmente não há como evitar uma cicatriz menor, mas ela pode ficar onde o biquine possa esconder.

8- Que sugestão o senhor daria para as mulheres gordinhas e com o bumbum achatado?

A prótese sempre resolve o problema de quem tem o bumbum achatado, mas para que a projeção seja ideal é preciso diminuir a quantidade de gordura no local. Essa paciente terá que fazer uma reeducação alimentar, atividade física, talvez uma cirurgia de abdome e/ou uma lipoaspiração. Não adianta aumentar o bumbum e continuar muito acima do peso. A cirurgia plástica apenas valoriza o contorno corporal.

9- Qual a idade mínima para este tipo de cirurgia?

A partir dos 17 anos, com a autorização dos pais. O biotipo da paciente já está definido nessa idade. E se o bumbum é pouco projetado, a gluteoplastia corrige a aparência com a prótese.

10- Uma gravidez depois da gluteoplastia altera o resultado da cirurgia?

Vai depender do quanto essa mulher vai engordar. Independente da gravidez, a perda de muito peso vai sempre provocar a flacidez, alterando o resultado da cirurgia.

11- Mulheres mais velhas que têm vontade de ter um bumbum mais projetado, têm indicação cirúrgica?

Sim. Hoje em dia não há mais limite de idade para uma cirurgia estética. Quando a paciente tem boas condições clínicas e nenhum fator que aumente o risco cirúrgico, a evolução pós-operatória é semelhante em todas as pacientes.

12- O resultado compensa?

A correção estética, quando bem indicada, é muito satisfatória. As pacientes se sentem tão felizes com o resultado que passam a usar roupas justas e biquine, que antes estavam proibidos de entrar em seus guarda-roupas.

A paciente se sente tão feliz com o resultado que passa a usar roupas justas e biquine, que antes estavam proibidos de entrar em seu guarda-roupa.

Dr. Orlando Neto



Por: Dr. Orlando Neto – em entrevista para o programa de TV Boa Vida (Aurélia Guilherme).

Palavras-chave: > > >